FELLATIO

Sexo oral é uma das maiores formas de prazer que o casal pode brincar junto. A excitação aumenta rápido com o contacto húmido dos lábios e da língua sobre o pénis então inicia se o gozo profundo cheio de agradecimento. As posições são várias, quanto as circunstâncias e o que o casal queira.

Como inicio completa uma relação sexual na cama. Pode estar de pé, sentado, de cócoras ou ajoelhado depende do momento e o lugar.

Existem homens que têm preferência por uma determinada posição, visto que está ligada a uma fantasia aumenta o seu prazer. Quando uma mulher encontra o membro com uma mão para orientar melhor e lamber o pénis começa suavemente pelo tronco do membro, com movimentos de baixo para cima.

Existe também outro ponto de partida que é beijar os testículos, até a base do pénis, aproveitando para esfregar com a língua a zona mais sensível do pénis: o perineu. Estes pretendem aumentar a excitação antes de chegar à zona mais sensível do pénis, que é a glande. Quando os lábios roçam a sua pele o homem começa a ter prazer. Pequenos golpes com a língua, são alternadas com a lambidelas, que fazem sentir estremecimentos, estes dão se devido à textura da língua.

A cavidade a boca tem como função um invólucro cálido e as mãos ajudam na tarefa de estimular. Não é indispensável que a ejaculação se produza sempre na boca. É uma opção conforme os gostos.

Há pessoas que gostam de engolir todo o sémen e até saborear, enquanto outras excitam se com o impacto do liquido quente na cara ou nos seios. Mas existe também quem ache o contacto com esses fluídos desagradável, preferindo a fase decisiva da felação, uma masturbação.

CUNNILINGUS

Com a vulva não é preciso nenhuma caricia inicial, porque a excitação aumenta, após efetuar uma massagem estimulante em outras partes o corpo.

É imprescindível centrar-se, nos sítios, alimentar o desejo, a língua em contacto com o umbigo e de seguida o roçar dos lábios, lambidelas suaves seguem a zona o abdómen e desviando se depressa para um os lados quando em contacto com a vulva parece inevitável. As mãos seguram os quadris da mulher, para controlar a excitação, que cresce seguindo com carícias até aos seios. A boca continua um percurso simétrico sobre a outra perna. Excitação cresce e é visível devido ás vagas que agitam o corpo. Um roçar os lábios na vagina, e a pele da vulva faz disparar ainda mais a paixão.

É a língua a explorar milímetro a milímetro. Depois deste caminho indispensável incendeia se a vulva. Com a cabeça bem situada entre as pernas, a língua começa a lamber os lábios vaginais de baixo para cima.

Share: